Pólen


Dentro da tarde
Este vento fresco traz
Um pólen que germina em meu rosto
Figuras tácidas de flores audazes

Se caio entre as horas do meu relógio
Contemplando o tempo se despindo
Vejo apenas dois confusos ponteiros
Indicando o teu certeiro caminho

Na música que aqui me encanta
Acordes que levitam
O corpo febril flutua
Sublime como a garça sobre a lagoa
Voando alto entre as tuas sobrancelhas.

8 comentários:

Jaque*Sampaio disse...

Que bela criação.Sempre Doce...

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Que lindo... a foto e o texto!

O Profeta disse...

Sonhei com uma estrela do céu
Sonhei-a vivendo no meio do Mar
Sonhei com a verdade de uma palavra
Soletrei sete vezes a palavra amar

Neste sonho vi uma árvore triste
Pensei em sete coisas impossíveis de fazer
A primeira era voar com as nuvens
A ultima sobre as águas de um Lago correr

E vi pássaros de cores nunca vistas
Refulgentes lírios de ouro de lei
Apenas uma hortênsia me pareceu ali perdida
Vi palpitantes borboletas e o coração calei

Mágico beijo

Jutilandia Ferreira disse...

...gostaria de lhe convidar para participar do meu blog e também divulgar ou participar do PROJETO SINTONIA.
obrigada!

http://jutilandia-terapeuta.blogspot.com/

Era uma vez... disse...

Que lindo, vc escreve muito bem!
Abraços

Era uma vez... disse...

ah! eu vi o seu comentário no canto do fengshui meu nome tbm eh maria regina e tbm sou de touro rs então resolvi ver a coincidência e amei o seu blog!
Beijinhos fique na paz!

Luís Freitas disse...

Gostei muito, continue com essa alma =)

Ana Paula Rezende disse...

Querida Regina, que lindo seu blog. Adorei. Hoje fui depois de tanto tempo "revisitar" o meu que estava quietinho. Então me deparei com seu comentário. Parabéns pelas palavras, pelas inspirações...É verdade, é preciso a vida doce é preciso para que haja paz. Beijos!!

Related Posts with Thumbnails