Verde Pai

  Ao  meu  Pai, Harvey,  que  hoje  completaria  75  anos 


O Verde da sua roupa 
Sempre te roubou um pouco de mim.

Os acordes de suas  notas

Sempre estiveram presentes
Como  fundo  musical

Em  nossas  vidas.

Agudos e graves nos  seus  dedos

Ao  tocar  um  instrumento,
 Ecoam eternamente nos meus ouvidos; 

Das muitas casas onde vivemos  
Guardo a mesma lembrança de  você:
 Uma bela  criança que se recusou a crescer.

Você fez da minha vida uma linda canção
E a herança que deixaste para mim

Traduziu  o seu  grande  tesouro:
Sua  sensibilidade e  sua  arte
Que soa eternamente como música
E saudade no meu coração.

Um comentário:

Flávio Cândido disse...

Maria Regina, não tive o prazer de conhecer seu pai, mas só posso agradecer por ele ter lhe dado a vida, pois só assim, pude te amar.

Related Posts with Thumbnails