Sentidos


Comungo com a vida
O imenso desejo de liberdade
Santifico em seu altar
A intensa luz do amanhecer

Sorrindo como criança em cada espaço
Refazendo-se em cada abraço
Na sutileza de começar a ser
Singular afeto sentido
No doce momento de ouvir e ver

Sentido alado, mente vã
Corpo nu na claridade lilás
Flores dedicadas, pétalas espalhadas
E um levitar com gosto de hortelã.

Um comentário:

Erika disse...

Perfeitas imagens.... a da flor.. e a das letras.

Beijos

Related Posts with Thumbnails