Quiromante


Solto meus cabelos
Para que eles, ao movimento do vento,
possam laçar você para junto de mim.

Num olhar que eterniza,prendo a respiração,
e num suspiro
Destruo os antigos relógios,
enfeitiçando para sempre um tempo que passou.

Sorrindo e correndo pelas pradarias,
perfuro o ar gelado com o meu corpo,
com intuito de abrir janelas do passado de nós dois.

Inicio-me com herói,
em uma guerra de um homem só,
Salvando memórias destruídas
Em uma fonte de águas cristalinas.

Como quiromante,
percorro tuas linhas da mão,
Tentando encontrar ainda meus rastros, minha imagem...

E no monte de Vênus,
Te espero, acordada,
para que você não escorra,
assustado,entre meus dedos,para longe de mim.

Um comentário:

Wandecy disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Related Posts with Thumbnails